Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

100 Million Feelings

100 Million Feelings

13 de Maio, 2020

Agora.

Como já é do vosso conhecimento eu voltei a escrever no meu blog numa fase menos boa da minha vida. Foi num momento muito frágil que decidi abrir o meu coração e sem filtros falar acerca dos meus problemas com a ansiedade e com a depressão.
E mesmo sabendo do bem que me fazia desabafar e falar acerca dos meus problemas e mais importante ainda, de como me sentia, era algo que eu tinha muita dificuldade.
Não foi uma decisão fácil de tomar, não é fácil falar dos meus problemas numa altura em que os tentava esconder de toda a gente.

Mas pus todo o medo de lado, o medo do preconceito e decidi que era naquele dia, 20 de junho, que eu ia escrever para toda a gente o que sentia e que a partir dali era o recomeço. O recomeço da minha vida e da minha felicidade.
Mas não é assim tão simples, não é estalar os dedos e está tudo bem e sinto-me no auge da minha felicidade. Há dias bons, há dias maus. Mas em todos eles tento sempre tirar algo de bom, algo positivo.
E como foi recomeçar? Brutalmente difícil. Sim, juntei duas palavras muito duras porque foi assim mesmo. Foi duro e ainda é muito duro. Ansiedade e depressão infelizmente é algo que te marca para a vida, é algo que podes tentar superar mas é como uma cicatriz que até a podes tentar disfarçar mas vai ficar ali para sempre no teu corpo. As sequelas de uma depressão formam uma "cicatriz" que fica para sempre na tua cabeça que não a vês mas que a sentes. É um marco na tua vida e que um dia vais olhar para trás e pensar: "Foi difícil, sofri muito mas estou aqui de cabeça erguida e mais forte que nunca".

Eu acredito que a criação deste blog foi uma salvação para mim mas também quero que seja uma salvação para muitas outras pessoas. Eu escrevo tudo o que me vai na alma, escrevo sobre mim, sobre a minha vida, sobre os meus problemas mas escrevo para ti que estás a ler isto. E cada vez quero escrever mais e mais, cada vez gostava de ajudar mais e mais pessoas.
Esse é o meu objetivo, esse é o objetivo deste blog.
E hoje sinto-me muito grata por poder ter esta oportunidade, por saber que os meus textos são lidos por muitas pessoas. E mais grata me sinto por todo o apoio, por todo o carinho que recebo e por todas as palavras que me dão força para continuar.

Agora, sinto-me mais livre, mais feliz e muito mais leve.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.